+55 (86) 3369 8138 icon WA +55 (86) 9805 2114

Reservar:

Quarto Nº 1

Kite trips - Paracuru

Paracuru é uma cidade localizada a 80 km de Fortaleza, no estado do Ceará. Outro spot famoso, devido aos fortes ventos e a natureza intocada, que atrai muitos praticantes do esporte. A cidade não é muito charmosa nem turística, mas possui de tudo para atender ao turista como se ele fosse um morador da área. Mas a geografia natural compensa: são cerca de onze praias com cenários totalmente diferentes, a maioria com águas calmas.

 

O kite spot

Apesar de possuir diversas praias, quando o assunto é kitesurf, apenas uma praia é recomendada, a da barraca Quebra Mar, cerca de 10 minutos de carro da vila. Como o roteiro pode ser confuso por falta de placas, é legal dar uma olhada antes no mapa para se localizar! A dica principal é: siga em direção a leste após a saída do vilarejo, não tem erro.

No dia em que visitamos Paracuru, saímos de Flecheiras em um dia nublado e cinza, sem expectativa de vento. Chegando a kite beach, nos surpreendemos com a quantidade de pessoas velejando e com um vento muito bom para a época (visitamos o spot em Fevereiro de 2014).

O spot é ótimo para o velejo tanto na maré alta quanto na maré baixa. Em frente à barraca, forma-se uma lagoa natural nos recifes, perfeita para a prática do freestyle. Já na maré alta, algumas ondas e ondulações se formam após os corais. Mas só lá você pode ter a oportunidade de avistar tartarugas marinhas dividindo espaço com os kites. Uma experiência incrível!

A área de areia em frente à barraca é grande e permite que o kitesurfista monte seu equipamento com espaço e segurança. Uma escola de kite e guarderia também já estão montadas no local, facilitando ainda mais a vida de quem vem praticar o esporte aqui.

Muitos downwinds também tem o ponto de partida em Paracuru. Como a vila fica localizada abaixo do Porto de Pecém, é possível fazer um velejo mais seguro e próximo do carro de apoio. Como opções rápidas, o downwind até a boca do rio Curu (ótimo spot na maré alta, flat) ou até a praia de Lagoinha (uma das mais famosas do estado, com mais ondas e pedras na chegada).

 

Onde Ficar

Quando estivemos em Paracuru, não nos hospedamos, pois fomos somente conhecer o spot em uma época de pouco vento (mesmo assim, havia muitos kitesurfistas na praia). Mas na vila e no caminho para a kite beach encontram-se diversas opções de hospedagem.

Como a distância para o spot é considerável, vale a pena estar com um carro para facilitar o deslocamento ou então verificar com o meio de hospedagem a disponibilidade de táxis ou transfers para passar o dia na praia.

Uma pena não haver opções de hospedagem próximas ao kite spot! Com certeza facilitaria bastante a locomoção para o velejo, já que é necessário ir de carro a partir do seu hotel em Paracuru. Mas, a grande vantagem dessa distância é a preservação da natureza em volta.

 

Onde Comer

Durante o dia, não tem escapatória: a única opção na kite beach é o restaurante da barraca Quebra Mar. Mas não está de mal tamanho, pois almoçamos por lá é estava muito boa a comida. Os preços são parecidos com os demais spots do litoral. Na escola de kite Strapless Center há também lanches mais leves e açaí, a melhor opção para quem passa o dia praticando na água.

 

Como chegar

Como não estávamos hospedados na cidade, fomos conhecer o spot para matar a curiosidade. Estávamos em Flecheiras, 40 km downwind de Paracuru, mas como o tempo estava nublado, aproveitamos para explorar a região. A viagem foi super tranquila e rápida, pois até Paracuru a sinalização é muito boa.

Já para chegar à kite beach, ir de carro é uma das únicas opções, pois não há transporte coletivo público para a área. Na época, usávamos um carro comum, sem tração. Todo o acesso é pavimentado, mas muito mal sinalizado. Só descobrimos que estávamos na kite beach por causa dos muitos kites no céu. Continuamos seguindo pela estrada, que foi construída pela empresa responsável pelos geradores eólicos, mas quando chegamos a um pequeno vilarejo e não vimos mais a praia, resolvemos dar meia volta e voltar.

 

Guia Rápido


Kite spot: Paracuru Kite Beach

Localização: Paracuru – CE – 80 km de Fortaleza

Temporada: de Junho a Janeiro

Como chegar:

O acesso principal é feito pela CE-085, tanto de leste quanto oeste. Pegue a saída para a estrada CE-341 e siga por aproximadamente 20 km.

Chegando na cidade, siga as placas para a Avenida Geraldo Ciríaco. A kite beach está localizada ao leste da cidade, em meio às dunas e geradores eólicos.

Outra opção é ir por dentro da cidade, pela Rua Gabriel Ferreira Neri. Consulte as condições da estrada antes de seguir viagem.

Principais kite spots próximos:

  • Kite Beach Paracuru, Foz do rio Curu e Lagoinha.

Principais downwinds partindo de Paracuru:

  • Lagoinha: 25 km
  • Guajirú: 45 km
  • Flecheiras: 50 km
  • Baleia: 76 km
Continuar lendo
328 Acessos
0 comentários

Kite trips - Cumbuco

A praia mais procurada pelos kitesurfistas no Ceará

Não dá pra falar de kitesurf no Brasil sem falar no Cumbuco. A praia, localizada na cidade de Caucaia, nos arredores de Fortaleza, é um dos spots prediletos dos kitesurfistas e windsurfistas quando visitam o Nordeste. Os ventos alísios, que sopram a side onshore na praia, permitem a prática do esporte quase durante o ano todo.

Vários fatores contribuem para a praia tão procurada pelos kitesurfistas: a proximidade com Fortaleza (apenas 30 km do centro), a grande estrutura de hospedagens e restaurantes, o vento sempre constante e a lagoa do Cauípe, um dos spots mais famosos para a prática de freestyle. Não raro veem-se mais kites na lagoa do que no mar.

A proximidade do Aeroporto Internacional de Fortaleza (Pinto Martins) – 40 km – faz com que a grande maioria dos kitesurfistas em tour pela costa cearense passe pelo menos uma noite na praia do Cumbuco. A parada é muitas vezes feita logo na chegada ou na partida, facilitando o deslocamento até o aeroporto e também a preparação do equipamento para a viagem.

 

O kite spot

O velejo no Cumbuco é feito em basicamente em dois tipos de spots: na praia ou nas lagoas do Cauípe ou da Tabuba.

A praia do Cumbuco é bem extensa e é possível velejar em toda essa extensão. Em toda a área construída da orla é proibida a circulação de veículos. A faixa de areia também é bem larga, o que facilita bastante para decolar e aterrissar o kite com segurança. Um recife de corais a cerca de 300 metros da costa garante que a água seja calma em algumas áreas, principalmente na maré baixa. Bares dos hotéis a beira mar e barracas se espalham e garantem espaço para todos nos momentos entre o velejo.

A lagoa do Cauípe, o spot mais famoso da área, é uma grande lagoa (cerca de 20.000 m2) de água doce, localizada a aproximadamente 5 km (downwind) do final da praia do Cumbuco. Com ventos fortes e totalmente flat, é o spot preferido para a prática de manobras. Muitos nativos e locais se encontram todo final de tarde na lagoa, para praticar kite até o pôr do sol. Pode-se chegar à lagoa do Cauípe de três maneiras: pelo mar em downwind, pela praia (de buggy ou 4x4) ou pela estrada da lagoa da Banana. Algumas barracas de locais atendem os kitesurfistas na beira da lagoa. Em frente à essas barracas você também consegue descolar uma corrida de buggy de volta ao Cumbuco.

A lagoa da Tabuba está localizada a upwind de Cumbuco, a cerca de 13 km do final da praia. Muitos kitesurfistas pegam um buggy até lá durante o dia, velejam e depois retornam para o Cumbuco pelo mar, em downwind.

 

Quando ir

Para quem procura kitesurf, entre os meses de Julho e Janeiro é quase certo que estará ventando bem (entre 15 e 30 nós). O vento é mais fraco que no litoral do Piauí, mas em compensação, rola também em alguns dias da baixa temporada com mais frequência e estabilidade. Nós estivemos lá no mês de Setembro por 3 noites e não conseguimos velejar com nossos kites pequenos (6 e 7 m2), mas vimos muitos kites maiores (de 9 a 12 m2) se divertindo.

 

Onde ficar

Cumbuco tem uma infinidade de opções de hospedagem, desde grandes hotéis até pequenas pousadas, apartamentos completos, casas e albergues. Os preços variam bastante também.

Nós sempre optamos por pesquisar no Trip Advisor e escolher a que se parece mais com nosso estilo de viagem. Nós ficamos na Pousada Sextaquadra, tanto pela boa reputação no Trip Advisor quanto pelo estilo.

Fomos recebidos pelo Fábio, um dos italianos donos da pousada. Ficamos em um dos quartos com vista para o jardim, mas tem também com vista para a piscina. Lembra que falamos que sempre preferimos ficar de canto?

Gostamos bastante da hospedagem lá. O café da manhã é bem variado, o pessoal está pronto para ajudar com qualquer coisa. A localização também é boa: próximo da praia (25 m), mas mais afastado do centrinho (cerca de 1 km). Apesar de estar ao lado da rodovia de entrada do Cumbuco, a pousada é bem silenciosa e dormimos muito bem. Enquanto estivemos lá, a pousada estava em reforma: novos quartos em frente á piscina estavam sendo construídos.

O Fábio, que também dá aulas de kite, nos deu todas as informações sobre o velejo na área. Infelizmente não conseguimos velejar, pois fomos muito otimistas e só trouxemos nossos kites pequenos... Mas tudo bem: foi ótimo para conhecer melhor a região! Na noite em que jantamos na pousada, pudemos conversar bastante com o Fábio e trocar experiências da vida de pousadeiros. O Fábio também adora cachorros como a gente e tem dois pequenos que moram com ele na pousada.

 

Onde Comer

Também não faltam opções para comer durante o dia e a noite no Cumbuco. Restaurantes charmosos, de culinária local ou internacional, pizzarias, barzinhos e lanchonetes se espalham pela área central.

Nós fomos a alguns restaurantes à noite, em uma churrascaria e em uma barraca de dia. Destaque pros frutos do mar! Uma noite também jantamos na pousada Sextaquadra.

Sugestões para o dia: procure um dos bares de beira de praia, assim dá pra velejar e ter tudo o que precisa de um restaurante. As barracas brasileiras são bem no estilo das barracas cearenses: cardápios extensos com várias opções de pratos com frutos do mar. Para almoçar mais barato, a churrascaria do Gaúcho é uma boa opção. Tem duas filiais, uma mais próxima da praia (a original) e outa mais afastada. Comida boa, bem servida, preço justo (pelo menos no almoço).

Sugestões para a noite: o restaurante Castanha logo nos conquistou com o ambiente: uma árvore centenária no meio das mesas. A comida tem jeito requintado, mas é bem simples e com ingredientes locais. Já o Muda tem arquitetura mais contemporânea e pratos para todos os gostos: desde saladas até hambúrgueres e pratos com peixes e carnes. Destaque para o menu (variado e criativo) de bebidas. Ficamos com curiosidade de conhecer o Secret Spot, mas não foi desta vez! No restaurante do hotel ficamos só nos petiscos e também estava excelente!

 

Como chegar

Nós estivemos na praia do Cumbuco em Setembro de 2014. Demoramos a conhecer lá principalmente por causa da distância de Barra Grande: cerca de 400km. Por isso, precisamos de mais uns dias, já que a viagem leva pelo menos 5 horas e meia. A rota é feita toda pela CE-085, a principal rodovia do litoral do Ceará. Saímos de Barra Grande por volta do meio dia, mas paramos para almoçar no caminho e ainda enfrentamos a estrada em reforma (chegando em Fortaleza). Acabamos nos perdendo e demoramos mais de 7 horas para chegar. Chegamos já era noite. Mas não foi um problema, já que a cidade tem várias opções de restaurantes que ficam abertos até as 22h30, 23h.

(*) A informação mais atual que temos hoje é que a estrada foi concluída e está bem sinalizada para chegar ao Cumbuco!

 

Guia Rápido


Kite spot: Cumbuco

Localização: Caucaia, CE – 30 km de Fortaleza

Temporada: de Junho a Janeiro

Como chegar:

  • A partir de Fortaleza: pela CE-90 (acesso pela Beira Mar da capital ou pela CE-085). São cerca de 33 km a partir do centro de Fortaleza.
  • A partir do oeste do estado do Ceará (Piauí, Maranhão e demais praias do Ceará): o acesso principal também é feito pela CE-085, também conhecida como Rota do Sol Poente. Após o município de São Pedro, acesse a CE-090, em direção à Lagoa do Banana.

Principais kite spots próximos:

  • Praia do Cumbuco, Praia de Icaraí, Lagoa do Cauípe, Lagoa da Tabuba

Principais Downwinds partindo de Cumbuco:

  • Lagoa do Cauípe: 10 km
  • Taíba: 40 km
  • Paracuru: 55 km
  • Lagoinha: 80 km
  • Outras opções: partir da Tabuba ou Icaraí em direção ao Cumbuco (cerca de 10 km)

Atenção: entre Cumbuco e Taíba está localizado o Porto de Pecém. Atenção redobrada para cruzar a barreira do porto!

 

Continuar lendo
364 Acessos
0 comentários

Kitesurf em Barra Grande

Não dá pra falar em Barra Grande sem falar no kitesurf. O esporte tomou conta do litoral piauiense, a exemplo do ocorrido no estado vizinho, o Ceará. Com ventos fortes, que variam entre 15 e 35 nós na alta temporada (Julho a Fevereiro), Barra Grande é destino certo para os praticantes da modalidade. Aqui no Terra Patris! recebemos constantemente kitesurfistas, principalmente estrangeiros, buscando pelas condições perfeitas que a praia oferece ao esporte. Em 2014, a realização da etapa brasileira do Mundial de Kitesurf – PKRA World Tour em Barra Grande, fez com que a procura pelos brasileiros aumentasse muito. A atual segurança do equipamento, que permite que pessoas entre 8 e 65 anos aprendam a velejar (termo usado pelos kitesurfistas), também foi um fator importante para a popularização do esporte.

 

História do Kitesurf


O esporte, conhecido internacionalmente por kiteboarding (“surfe em prancha com pipa”), foi criado pelos irmãos franceses Legaignoux em 1985. O principal diferencial obtido pelos irmãos foi a invenção de uma pipa inflável que permitia a redecolagem em caso de queda. Porém, na época o windsurf estava em alta e nenhuma marca se interessou em comercializar a idéia. Só em 1995 as pipas (ou kites) começaram a ser produzidas. Um dos precursores do esporte, o campeão mundial de windsurf Robby Naish, foi um dos maiores divulgadores da modalidade e hoje também possui uma fábrica de kites com seu nome.

Dito como uma combinação dos melhores momentos de outros esportes radicais (como surf, windsurf, wakeboard, skii e vôo livre), o esporte hoje proporciona a prática de saltos e manobras, bem como permitir o deslocamento pela água, como um veleiro. A segurança do equipamento evoluiu muito desde sua criação e continua em constante pesquisa pelos engenheiros de produto das marcas. Todos os anos, as principais marcas fabricantes dos equipamentos lançam novos modelos com novas funções e itens de segurança, sempre atendendo aos pedidos de seus pro-riders: os kitesurfistas patrocinados.


Equipamentos Necessários


Para a prática do kitesurfe, os itens obrigatórios para a prática são:

  • Pipa e barra: todo kite é composto de uma pipa inflável e uma barra de controle com 4 ou 5 linhas, dependendo da marca e modelo. Os tamanhos de pipa existentes variam entre 3.5 e 20 m2, e deve ser considerado o peso do praticante e a velocidade do vento para escolha do tamanho adequado.
  • Trapézio: cinta que prende a barra ao corpo do praticante. Pode ser do tipo cadeirinha (parecido com uma cadeirinha de escalada, mais confortável) ou de cintura (modelo mais utilizado pelos profissionais, para facilitar as manobras). No trapézio é colocado o leash do kite (cordão de segurança).
  • Prancha: permite deslizar sobre a água. Existem diversos tamanhos e tipos de prancha, que deve ser escolhido pelo praticante de acordo com seu nível.

Existem também os itens opcionais e de segurança, que são usados de acordo com o nível e a preferência do kitesurfista:

  • Capacete (item imprescindível para iniciantes);
  • Colete auxiliar (de flutuação ou de impacto);
  • Óculos escuros (com presilha);
  • Camiseta de Lycra (para proteger do sol);
  • Boné ou chapéu (também com presilha).

Atenção: é extremamente não recomendado o uso de leash nas pranchas, para evitar acidentes.
Para quem está aprendendo, a kite escola disponibiliza os equipamentos obrigatórios e de segurança para o aluno. Já está incluído no preço do curso.


Kitesurf em Barra Grande

 

Condições para o velejo


Devido às condições do vento, a praia de Barra Grande é perfeita para a prática do esporte para todos os níveis. O vento sopra na direção side-on-shore, ou seja, no caso de algum acidente com a pipa, o praticante é sempre puxado de volta para a praia, condição ideal para iniciantes. Outra vantagem para os que estão aprendendo: com a diferença da altura das marés, é possível ter aulas na maré baixa, o que facilita o aprendizado.

A temporada de ventos inicia em Julho e termina em Fevereiro, mas os meses com maior certeza de ventos fortes (acima de 25 nós) são os de Setembro, Outubro e Novembro. Evite o período de Março a Junho, quando as chuvas afastam o vento da praia, impossibilitando a prática.

 

Para aprender

 

O curso de kitesurf para iniciantes só requer que o aluno saiba nadar. Também é importante atentar às orientações de segurança: apesar de ser um esporte seguro, você é responsável pelo uso adequado, mesmo durante as aulas. O kitesurf é um esporte radical! O curso básico dura cerca de 10 horas e após o término você já estará sabendo deslizar com a prancha por alguns metros! Em Barra Grande há algumas opções de escolas, com diferentes valores (entre R$ 800 e R$ 1.600 pelo curso completo) e serviços oferecidos. Pergunte pra gente aqui no Terra Patris!, ajudamos você a encontrar a escola ideal para seu curso!

 

Para praticar


Para os kitesurfistas experientes, Barra Grande também tem seus atrativos: há uma grande área, irrestrita e com poucos barcos ancorados para a prática bem em frente à vila. Há algumas pedras na parte oeste da praia, mas a leste, é apenas areia. O mar é mais “flat” (sem ondas) durante a maré baixa e com pequenas ondulações na maré alta. Para quem prefere, há a opção de downwind até a lagoa do mangue, a apenas 15 minutos do centro do vilarejo. Para o retorno à vila, é possível voltar de upwind (entre 20 e 40 minutos) ou ainda de carroça (donkey taxi) – valor R$ 15 por pessoa. Também é possível organizar downwind trips (veja mais detalhes em outros posts) até uma das praias de Luis Correia (como Maramar, Macapá, Coqueiro e Itaqui) ou ainda até o deslumbrante Delta do Rio Parnaíba.

 

Aluguel de equipamentos


Existe a possibilidade de aluguel de equipamento nas escolas, porém não há muitas opções. Recomendamos que você traga seu equipamento! Para a alta temporada, os tamanhos de 5 a 9 m2 são ideais para a maioria dos dias. Já na baixa, prepare-se para usar equipamentos entre 10 e 16m2 ou ainda, aproveitar os dias sem vento fazendo outras atividades como Stand-Up Paddle ou caiaque (estes já disponíveis para alugar em diversas barracas na praia).

 

Kite spots e pontos de apoio


Para passar o dia na praia, existem diversas opções de barracas para aproveitar os momentos de descanso entre uma sessão e outra, almoçar, tomar uma ducha ou simplesmente passar o dia. Aproveite o vento e curta o velejo até o pôr do sol! Caso você opte por ficar na barraca da Croa, a mais frequentada pelos kitesurfistas e localizada a cerca de 1.2 km do Terra Patris!, oferecemos serviço de carona para os nossos hóspedes até o kite point, é só combinar com a gente durante o café da manhã!


Serviços Terra Patris! para o kitesurfista

 

Oferecemos aos nossos hóspedes:

  • Agendamento e indicação de escola de kite;
  • Guarderia trancada na pousada para armazenar seu equipamento (você terá sua chave);
  • Carona até o kite point Croa;
  • Área para lavagem do equipamento;
  • Orientação sobre as marés, downwinds e pontos a observar durante o velejo.
{YouTube}https://youtu.be/_21_7j_YbwY{/YouTube}
Continuar lendo
455 Acessos
0 comentários

Kite Surfing no Delta Do Parnaiba

Kite Surfing no Delta Do Parnaiba

Fomos filmar um passeio ao Delta do Parnaíba organizado pela BGK para os kitesurfistas de Barra Grande.

Saindo às 7:00h da manhã de Barra Grande e com boa condições do vento, é possível praticar o esporte e também conhecer o exuberante cartão postal do Piauí no mesmo dia!

 

Trilha sonora: Terra Patris!

 

{YouTube}msmxWEN7aVw{/YouTube}
Continuar lendo
369 Acessos
0 comentários
england flag We speak English  germany flag Nathalia spricht Deutsch  spain flag Marco habla Español   brasil flag Falamos Português  france flag Nous parlons un peu de français

Sinta-se na casa de amigos para curtir a tranquilidade de Barra Grande, PI

Selecione sua data de chegada e saída:

Quarto Nº 1
(!) Temos um mirante de 12 metros, e piscina sem restrição de acesso. Por segurança, Crianças somente a partir de 12 anos.

logo 160px

Terra Patris! Atellier Pousada

Rua Tremembé,188
Barra Grande - Piauí - Brasil - CEP 64.222-000
Phone: +55 (86) 3369 8138
Email:
What´s App: +55 (86) 9805 2114

Share